Bml - Uma extensão do seu Consultório

UMA EXTENSÃO DO SEU CONSULTÓRIO
EXAMES E LAUDOS ANATOMOPATOLÓGICOS CONSULTÓRIOS, CLÍNICAS E HOSPITAIS

Facebook

NOTÍCIAS

Entenda como o seu "relógio biológico" funciona

30
10

O conhecido popularmente "relógio biológico" não é uma exclusividade dos seres humanos. Aparentemente todos os seres com vida no planeta, incluindo fungos e bactérias, possuem um ciclo circadiano, ou seja, um processo biológico que leva 24 horas para acontecer e marca o ritmo da nossa existência.

 

Mas afinal, como o "relógio biológico" afeta a nossa vida?

 

Especialistas acreditam que as primeiras células da Terra foram danificadas pela radiação ultravioleta emitida pelo Sol e se adaptaram ao passar por um processo de regeneração à noite. Os ritmos circadianos permitem que os organismos antecipem certos eventos, como a noite e o dia, o inverno e o verão, e assim se preparem para eles.

 

Todos possuem um relógio principal. Ele fica no hipotálamo, localizado no cérebro e, como um condutor, envia sinais reguladores para todo o corpo em diferentes momentos do dia. Todos os órgãos e tecidos corporais têm relógios extras, que são sincronizados pelo relógio mestre em seu cérebro.

 

Se você passar o tempo todo no escuro, seu relógio biológico fica fora de sintonia com o relógio de 24 horas. Existem sensores nos seus olhos que detectam a luz e enviam sinais para a parte do cérebro que mantém os relógios do seu corpo sincronizados.

 

A partir do momento em que você acorda de manhã, o sono vai se acumulando.

No entanto, você normalmente não adormece até que seu relógio biológico diga que está na hora de ir para a cama. Mais tarde, voltamos aos padrões de sono e vigília que tínhamos antes da puberdade.

 
*Texto adaptado G1.
 
 

© 2018 BML PATOLOGIA - Todos os direitos reservados | (47) 3326-2230 | contato@bmlpatologia.com.br