Bml - Uma extensão do seu Consultório

UMA EXTENSÃO DO SEU CONSULTÓRIO
EXAMES E LAUDOS ANATOMOPATOLÓGICOS CONSULTÓRIOS, CLÍNICAS E HOSPITAIS

Facebook

NOTÍCIAS

OMS aponta que o álcool foi o responsável pela morte de 3 milhões de pessoas em 2016

28
09

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, a OMS, o consumo de álcool foi o responsável pela morte de mais de 3 milhões de pessoas em todo planeta em 2016. Esste número representa uma a cada 20 mortes.

 

De acordo com o relatório global sobre o consumo mundial de álcool e suas consequências adversas para a saúde, os homens representam mais de três quartos das mortes. No geral, o uso nocivo do álcool causa mais de 5% das doenças no mundo.

 

Outro dado que chama atenção é que 28% das mortes relacionadas ao álcool são resultado de lesões, como as causadas por acidentes de trânsito, autolesão e violência interpessoal; 21% se devem a distúrbios digestivos; 19% a doenças cardiovasculares e o restante por doenças infecciosas, câncer, transtornos mentais e outras condições de saúde.

 

Em relação ao consumo, a estimativa da OMS é que 2,3 bilhões de pessoas  ingerem álcool atualmente. O consumo representa mais da metade da população das Américas, Europa e Pacífico Ocidental.

 

Em todo o mundo, 27% dos jovens com idade entre 15 e 19 anos consomem álcool atualmente. Por outro lado, o estudo indica que mais da metade (57% ou 3,1 bilhões de pessoas) da população global com 15 anos ou mais se absteve de consumir álcool nos últimos 12 meses.

 

A perspectiva da OMS é que até 2025, o consumo total de álcool per capita em pessoas com 15 anos ou mais de idade aumente nas Américas, no Sudeste Asiático e no Pacífico Ocidental.

 

*Texto adaptado do portal Agência Brasil

 

Vacinação hoje pode ajudar a aumentar a expectativa de vida em 2050

27
09

Até 2050, o mundo terá um total de 2,1 bilhões de pessoas com mais de 60 anos. Dese número, mais de 200 milhões serão na América Latina e no Caribe. Conforme os dados divulgados pela Opas, a Organização Pan-Americana da Saúde, a expectativa de vida na região, no mesmo ano, será de 78 anos, contra entre 68 e 70 anos na média global.

 

Mas um outro dado alarmante apontado pela organização mostra que as pessoas estão envelhecendo sem saúde. A organização informa que a vacinação em crianças é altamente reconhecida hoje, mas a necessidade de programas de imunização ao longo da vida e, sobretudo, em idosos, é frequentemente subestimada.

 

Ressalta-se que a gravidade de muitas infecções é maior em idosos, quando comparada à de adultos jovens. Além disso, as doenças infecciosas estão comumente associadas a sequelas de longo prazo entre os que têm mais de 60 anos, como o comprometimento das atividades diárias, a fragilidade e a perda de independência.

 

A orientação é que as pessoas procurem se imunizar antes do estabelecimento da chamada imunossenecência - diminuição da função do sistema imune em razão da idade.

 

Estudo europeu indica que poluição do ar pode chegar aos bebês durante a gravidez

26
09

Cientistas europeus descobriram através de estudos iniciais que a poluição atmosférica pode sim ter efeitos no corpo humano, isso acaba incluindo as mulheres grávidas. Em um primeiro momento, os estudiosos encontraram partículas de materiais poluentes, comumente detectados em grandes cidades, nas células da placenta de cinco mulheres.

 

Esta é a primeira evidência científica de que os componentes da poluição do ar atingem a placenta depois de passar pelos pulmões e cair na corrente sanguínea.

 

Com o consentimento das gestantes, os pesquisadores examinaram os macrófagos, que são as células do sistema imunológico que "comem" partículas danosas ao corpo, presentes suas placentas. Estas células estão presentes nos pulmões e também fazem parte do sistema que protege o feto no tecido da placenta.

 

Os pesquisadores encontraram 72 partículas negras entre 3.500 células, com a ajuda de um microscópio. As partículas, examinadas com instrumentos ainda mais potentes, se parecem com as partículas de sujeira encontradas nos macrófagos dos pulmões.

 

O sistema respiratório humano funciona como uma espécie de peneira para as partículas de poluentes. As maiores costumam ser destruídas pelas células de defesa pulmonares, mas as mais finas podem cair na corrente sanguínea e chegar a outros órgãos do corpo.

 

O estudo foi apresentado, mas ainda não foi publicado oficialmente em periódicos científicos.

 

Saiba quais alimentos desintoxicam o seu corpo e equilibram a saúde

25
09

Uma alimentação regrada, com hábitos saudáveis, só traz benefícios ao organismo. Alimentos fritos, com excesso de açúcar e industrializados contribuem com o aumento de toxinas que prejudicam o corpo todo. Como resultado, surgem sintomas nada agradáveis como constipação, mau humor, insônia, fadiga e aumento de peso. A boa notícia é que existem alimentos desintoxicantes que melhoram estes sinais e ajudam a manter a saúde em dia.

 

Há frutas e verduras de fácil acesso, que auxiliam e muito no detox que o organismo precisa, ajudando a eliminar toxinas que contribuem para o mau funcionamento do corpo. Vamos elencar aqui alguns alimentos aliados à saúde!

 

O abacaxi é diurético, ajuda na função digestiva e contribui com o bom funcionamento do fígado. A abóbora é o alimento que traz a vitamina C, protegendo as células dos radicais livres e até mesmo envelhecimento precoce. Gosta de acelga:? Pois é, suas folhas são antioxidantes e ricas em vitamina C.

 

O alho possui alicina, que ajuda nas defesas do organismo, além de auxiliar na eliminação de toxinas no organismo. A deliciosa amora,  assim como outras frutas vermelhas, possui carotenoide, um antioxidante que combate os radicais livres, além de melhorar a circulação sanguínea

 

Um dica: troque o arroz branco/parboilizado pelo integral, afinal, ele é rico em fibras que auxiliam na digestão e selênio que protege o fígado, limpando o organismo.

 

Já o espinafre possui ferro, potássio, vitamina C, cálcio e magnésio, sendo um poderoso aliado para melhorar o rendimento físico. O gengibre estimula o sistema imunológico e também é rico e antioxidantes. Tem características que combatem os gases, inchaço e má digestão. A linhaça é um anti-inflamatório natural, que traz ômega 3 e nutrientes que ajudam a manter o corpo saudável.

 

Para finalizar essa cesta cheia de delícias, o repolho tem o sulforafano que ajuda na desintoxicação do corpo, e a rúcula tem em suas folhas o combate aos radicais livres e garante a melhor absorção de nutrientes pelo organismo.

 

Lavar a calcinha no chuveiro e deixar secar no banheiro é realmente prejudicial à saúde íntima?

24
09

Você mulher, já lavou alguma peça íntima enquanto tomava banho e deixou depois ela secando no box do banheiro? Pois sabe que, apesar de ser um hábito comum, deixar a calcinha exposta em um ambiente úmido é um convite perfeito para as bactérias e fungos. É ali que estes seres minúsculos irão se proliferar. E isso, claro, poderá causar problemas à saúde íntima da mulher.

 

A calcinha úmida contribui para uma série de doenças, como a incontinência urinária. Este problema atinge cerca de 5% da população e é associado ao hábito de segurar por muito tempo a urina e usar as roupas íntimas ainda molhadas ou, até mesmo, mal lavadas. Fungos e bactérias podem influenciar negativamente na musculatura e nervos da bexiga.

 

Há também riscos para a infecção urinária a proliferação de bactérias é um dos sérios problemas que roupas íntimas mal lavadas ou mal secadas podem trazer para a saúde genital. A alta quantidade de bactérias presente em forros de calcinha, por exemplo, podem levar à infecções urinárias sérias.

 

Não são apenas bactérias que se reproduzem em condições de umidade, fungos também aparecem e podem ocasionar alergias e candidíase, recorrente em muitas mulheres. A doença causa muita coceira e vermelhidão na vulva.

 

Lembre-se sempre de deixar a roupa íntima secando em ambientes arejados e com boa ventilação. Evite usar roupas de banho molhadas. Sempre higienize as partes pubiana da maneira correta com água corrente e sabonetes neutros.

 

 

Fake News: Governo lançará vídeo combatendo as notícias falsas sobre vacinação

21
09

O combate às fake news está tomando proporções maiores em todo país. Seja qual for o setor, as notícias falsas têm circulado pelas redes sociais. Compartilhamentos que não contribuem para o desenvolvimento sadio e correto da sociedade.

 

Por conta disso, o governo federal decidiu abrir ofensiva contra as fake news sobre vacinação. O Planalto divulgará vídeos que irão enfatizar a importância da vacinação e combatendo a divulgação de notícias falsas sobre o tema.

 

Um desses boatos diz que as imunizações são desnecessárias. No primeiro vídeo, um ator se passa por responsável por uma montanha-russa em um parque de diversões. Filmado por uma câmera escondida, ele tenta convencer os pais a deixarem seus filhos andarem no brinquedo sem cinto de segurança. Na tentativa de convencê-los, ele argumenta que “viu na internet” e queria testar com as crianças. Os pais ficam surpresos com a proposta e a recusam.

 

O vídeo compara o perigo de não vacinar as crianças a andar numa montanha-russa sem cinto de segurança apenas com base em informações encontradas na internet.

 

No mês passado, o Ministério da Saúde lançou um canal de Whatsapp chamado Saúde sem Fake News, já divulgado aqui pelo BML Patologia. O canal foi criado para que a sociedade possa perguntar se determinadas informações que são repassadas em grupos são verdadeiras ou falsas. O número do canal é o (61) 99289-4640.

 

*Texto adaptado do portal Agência Brasil

 

Saiba porque os hematomas roxos aparecem facilmente na sua pele

20
09

Você costuma notar manchas roxas pelo corpo que aparecem do nada? Pois saiba que estas contusões podem indicar algumas destas razões:

 

Deficiência de vitamina C ou K

 

A falta dessas vitaminas pode fazer você se machucar mais facilmente e é por isso que é importante fazer exames de sangue para saber se sofre de deficiência.

 

Suplementos nutricionais

 

Alguns suplementos nutricionais ou de melhoria do desempenho, como ginseng, ginkgo biloba, gengibre, ômega-3 e vitamina E podem contribuir para o aparecimento de hematomas. Portanto, consulte um médico antes de fazer uso de qualquer produto do gênero.

 

Envelhecimento

 

À medida que envelhecemos, a pele fica mais fina e os vasos sanguíneos mais frágeis, favorecendo o aparecimento de hematomas com simples pancadas.

 

Medicamentos

 

Alguns medicamentos comuns, como a aspirina e o ibuprofeno, são bons para eliminar a dor em pouco tempo, mas podem ter um efeito anticoagulante, que faz com que os hematomas apareçam com mais facilidade.

 

Saiba porque os hematomas roxos aparecem facilmente na sua pele

20
09

Você costuma notar manchas roxas pelo corpo que aparecem do nada? Pois saiba que estas contusões podem indicar algumas destas razões:

 

Deficiência de vitamina C ou K

 

A falta dessas vitaminas pode fazer você se machucar mais facilmente e é por isso que é importante fazer exames de sangue para saber se sofre de deficiência.

 

Suplementos nutricionais

 

Alguns suplementos nutricionais ou de melhoria do desempenho, como ginseng, ginkgo biloba, gengibre, ômega-3 e vitamina E podem contribuir para o aparecimento de hematomas. Portanto, consulte um médico antes de fazer uso de qualquer produto do gênero.

 

Envelhecimento

 

À medida que envelhecemos, a pele fica mais fina e os vasos sanguíneos mais frágeis, favorecendo o aparecimento de hematomas com simples pancadas.

 

Medicamentos

 

Alguns medicamentos comuns, como a aspirina e o ibuprofeno, são bons para eliminar a dor em pouco tempo, mas podem ter um efeito anticoagulante, que faz com que os hematomas apareçam com mais facilidade.

 

Os principais erros na hora de usar o protetor solar

19
09

O Inverno está chegando ao fim e no dia 23 de setembro tem início no Hemisfério Sul a Primavera. Com isso, o tempo começará a mudar e o sol ficará ainda mais forte. O calor e as altas temperaturas já irão fazer parte da vida dos brasileiros.

 

Se você é desses que não pode ver o sol aparecendo com mais intensidade e já quer ficar deitado tomando um bronze, é bom ficar atento. Ficar horas exposto ao sol exige uma série de cuidados, entre eles o uso do filtro solar. Se você não reaplica o produto, vai para água, ou fica direto no sol: sua pele corre um sério risco.

 

Entre os principais erros ao usar o protetor solar, é que as pessoas usam o produto apenas quando estão na praia ou na piscina. O filtro solar deve ser passado pela manhã, especialmente nas áreas que ficam expostas durante o dia. Além disso, fique ligado quanto ao tipo de pele correta descrito na embalagem. Se você tem a pele oleosa e usa um produto tipo seco, corre um sério risco de ressecamento, surgimento de espinhas e cravos.

 

Reaplique o protetor solar depois de entrar na água ou se expor por mais de duas horas ao sol. Assim, você estará constantemente protegido. Aliás, o filtro solar deve ser passado sempre de 15 a 30 minutos antes de sair de casa. Desta forma o produto é melhor absorvido pela pele e o efeito químico causado terá a proteção desejada.

 

E se você gosta de praticar esportes, sempre utilize o filtro solar. O bloqueador dos atletas precisa ser específico, contendo dióxido de titânio e óxido de zinco. As substâncias formarão uma espécie de filme na pele, criando uma barreira contra os raios.

 

Setembro Roxo e a lembrança aos cuidados com a Fibrose Cística

18
09

Preste atenção a estes sintomas: tosse que não passa, suor mais salgado que o normal, pneumonia de repetição, diarreia e dificuldade para ganhar peso e estatura.

 

Estas situações costumam aparecer com frequência? Pois então, é bom ligar o sinal vermelho, pois estes sintomas podem indicar fibrose cística.

 

Especialistas afirmam que o diagnóstico dessa doença é como um quebra-cabeça, ou seja, se você não conhecer a imagem que ele vai formar no final, certamente sua montagem será mais difícil e demorada.

 

No Brasil, existe a Unidos pela Vida, conhecido como Instituto Brasileiro de Atenção à Fibrose Cística. O foco é contribuir para a busca do diagnóstico precoce e tratamento adequado.

 

Setembro Roxo

 

Um dos projetos desenvolvidos pelo instituto é o Setembro Roxo – Mês Nacional de Conscientização da Fibrose Cística. O mês foi o escolhido porque, no dia 5, assinala-se a passagem do dia nacional de conscientização da doença, e, no 8, o dia mundial.

 

A novidade no tratamento da fibrose cística, segundo o instituto, é a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária de novos medicamentos considerados “inovadores”, que ainda melhoram a qualidade de vida dos pacientes.

 

Brasil atinge a meta da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo e a Polio

17
09

95% do público-alvo da campanha nacional, estabelecido pelo governo federal, foi atingido na última semana. Enquanto a média geral de imunização contra sarampo foi de 95,3%, a para paralisia infantil ficou em 95,4%. No total, mais de 21,4 milhões de doses foram aplicadas, beneficiando 10,7 milhões de crianças.

 

A campanha havia sido prorrogada uma vez pelo Ministério da Saúde. Alguns estados, no entanto, mantêm a iniciativa. O Rio de Janeiro, estado com o pior desempenho (83,3% de vacinação para pólio e 84,4% contra sarampo), seguirá até o dia 22 com a ação.

 

Aliás, números do governo mostram variações da cobertura vacinal entre estados. Quinze atingiram a meta para as duas doenças. Já São Paulo e Tocantins alcançaram o índice mínimo de 95% somente contra a poliomielite.

 

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 516 mil crianças não tomaram as vacinas contra as duas infecções no país. A única faixa etária que não chegou ao índice esperado foi o de crianças de 1 ano, cuja cobertura está em 88%.

 

A orientação era de que todas as crianças com mais de 1 e menos de 5 anos de idade recebessem as vacinas, inclusive se já tivessem sido imunizadas anteriormente. A medida foi adotada em um contexto de surtos de sarampo no país.

 

Estudo aponta que ingerir derivados do leite pode reduzir o risco de doença cardíaca

16
09

Um novo estudo canadense, trouxe uma novidade interessante. Comer três porções de laticínios por dia por ajudar a diminuir o risco de de uma pessoa desenvolver doenças cardíacas.

 

Foram avaliadas 136.384 pessoas, com idade entre 35 e 70 anos, em 21 países do mundo. Os participantes foram analisados por quase dez anos. As porções de laticínios podem ser variadas entre um copo de leite, uma xícara de iogurte e uma fatia de 15 gramas de queijo ou uma colher de chá de manteiga.

 

De acordo com um levantamento, o consumo de laticínios foi maior na América do Norte e Europa, com mais de quatro porções por dia, e menor no sul e sudeste da Ásia e países africanos, com menos de uma porção diária. O consumo de produtos lácteos não deve ser desencorajado em países de baixa renda e renda média, segundo a conclusão dos pesquisadores.

 

A pesquisa separou os participantes em quatro categorias: sem laticínios, menos de uma porção por dia, de uma a duas, e aqueles que consumiam mais. Em comparação com o grupo sem ingestão, o grupo que se alimentou mais apresentou menores taxas de mortalidade cardiovascular e de acidente vascular cerebral.

 

3 problemas de saúde que podem causar rachaduras nos calcanhares

13
09

Três problemas de saúde podem causar aquelas famosas rachaduras nos calcanhares, sabia? Basta ficar atento aos sinais que o corpo nos mostra para saber localizar a causa de algum problema.  

 

- Distúrbios na glândula da tireoide, fundamental para a regulação do metabolismo, podem causar, além de rachaduras no calcanhar, queda de cabelos, unhas quebradiças e uma série de outras condições.

 

- Os níveis de açúcar descontrolados, característico de pessoas que sofrem de diabetes, podem provocar danos nos nervos dos pés, ressecamento da pele e, consequentemente, calcanhares rachados e feridas.

 

- A psoríase é caracterizada pela formação de escamas e manchas causadas pelo acúmulo de células da pele. A condição não tem cura, mas pode ser tratada com cremes, medicamentos e outros tipos de terapias.

 

Lembre-se sempre de procurar por um especialista de confiança ao sentir qualquer sintoma ou verificar alguma alteração no corpo.

 

Os cuidados, o diagnóstico e a prevenção do câncer colorretal

12
09

Setembro também é pintado de verde em muitas cidades do país. Isso, porque o mês também é dedicado à prevenção do Câncer Colorretal. Mas essa doença ainda causa muitas dúvidas.

 

Este é o terceiro tipo de tumor mais frequente em homens e o segundo entre as mulheres, o câncer colorretal deve registrar 36.360 novos casos em 2018, segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer, Inca. Trata-se de um aumento de 6% em relação ao ano de 2017.

 

Um dos motivos pelo aumento no número de novos casos do tumor é o maior acesso das pessoas a métodos de diagnóstico, como é o caso da colonoscopia. No Brasil, a realização desse exame está indicada atualmente a partir dos 50 anos para indivíduos sem histórico na família de tumor ou pólipo no intestino.

 

Mas como prevenir este tipo de câncer?

 

Especialistas pensam em mudanças radicais, como corte total de um ou outro alimento. Mas, o que deve ser reavaliado é o estilo de vida. A obesidade, o sedentarismo, a má qualidade da alimentação, ou seja, pobre em fibras alimentares, rica em carne vermelha e alimentos processados, o alcoolismo e o tabagismo são os grandes vilões da vida moderna e, consequentemente, os precursores de mudanças nocivas nos hábitos intestinais.

 

Lembre que a radicalidade nunca é recomendada. A alimentação tem que ser balanceada, com boa ingestão hídrica, já que a água é fundamental.

 

Métodos naturais podem aliviar os gases

11
09

Você é daqueles que mesmo mantendo uma alimentação regrada e saudável, consumindo bastante água, sofre com os desconfortos intestinais? O acúmulo de gases pode incomodar e muito a vida das pessoas, principalmente o lado social.

 

Massagear o corpo da forma correta contribui para a eliminação dos líquidos retidos, causadores do inchaço desagradável, melhora a circulação e favorece a liberação de gases de maneira natural e orgânica.

 

A auto massagem que ajuda a aliviar o acúmulo de gases é bastante simples. Basta abrir a palma das mãos e sobrepostas, massagear toda a barriga no sentido horário. Você pode realizar os movimentos o quanto achar necessário, até se livrar do peso e do desconforto na região.

 

Em apenas 20 minutos é possível fazer sozinho a massagem que ajuda a ativar os pontos necessários para desinchar. Para começar, escolha um creme ou hidratante de sua preferência e faça pressões leves cerca de três a cinco vezes na região.

 

Em seguida, faça movimentos circulares no sentido horário, de 7 a 10 vezes. O ideal mesmo é repetir a automassagem duas ou três vezes na semana, preferencialmente na parte da manhã, que é o período em que o corpo tende a reagir melhor e a estar mais inchado.

 

Setembro Amarelo: O mês de prevenção ao suicídio

10
09

Setembro é o mês mundial de prevenção do suicídio, chamado também de Setembro Amarelo. O assunto que já foi um tabu muito maior, ainda enfrenta grandes dificuldades na identificação de sinais, oferta e busca por ajuda, justamente pelos preconceitos e falta de informação.

 

O ano de 2017 foi um marco nacional nesse quesito com a ocorrência de alguns fatores que colaboraram a população como um todo a dar mais atenção ao tema e procurar informações.

 

Este ano, o Centro de Valorização da Vida, o CVV, uma das entidades mobilizadoras do Setembro Amarelo no Brasil, programou diversas atividades em todas as cidades nas quais possui um de seus mais de 90 postos de atendimento.

 

Alguns exemplos são caminhadas, palestras, balões amarelos, pontos turísticos e edifícios públicos iluminados, distribuição de folhetos e atendimentos em locais públicos.

 

32 suicídios ocorrem diariamente no país, média de 1 morte a cada 45 minutos, é algo que pode ser reduzido com as ações dedicadas a este mês.

 

Cada pessoa pode se mobilizar usando uma fita amarela ou vestindo amarelo, levantando o tema em seus grupos e buscando informações confiáveis sobre o assunto.

 

Usar o celular no vaso sanitário pode aumentar o risco de desenvolver a hemorroida

09
09

A hemorroida nada mais é do que uma uma doença que acontece por conta da dilatação dos vasos sanguíneos que existem no ânus. É isso que causa a dor, coceira e os sangramentos. A doença é comum, segundo médicos, em uma a cada duas pessoas que apresentam sintomas ao longo da vida.

 

A hemorroida pode acontecer no organismo em dois tipos:

 

Interna - dentro do ânus

Externa - surgimento na abertura anal, saindo para fora do ânus

 

Mas será que usar o celular enquanto você está no vaso sanitário pode agravar a doença? Pode parecer inofensivo, mas sentar no vaso sanitário durante muito tempo usando o celular ajuda no surgimento do quadro. Segundo especialistas, permanecer em posições corporais que fazem pressão no abdômen e no ânus ampliam o risco de dilatar veias dessa região, o que consequentemente causa as hemorroidas.

 

As pessoas que sofrem com prisão de ventre e sempre precisam fazer excesso de força para defecar, bem como grávidas cujo peso do feto pressiona a região abdominal, também correm maiores riscos de ter hemorroidas.


 

Mas a doença tem tratamento que varia de acordo com a gravidade do problema. Geralmente é feito com a mudança de hábitos alimentares, que auxiliam no fluxo intestinal, uso de pomadas e até mesmo cirurgias.

 

Vacina contra o HPV: Governo disponibilizará milhões de doses à adolescentes

06
09

O Ministério da Saúde começou a campanha publicitária para impulsionar a vacinação de adolescentes contra o HPV. O objetivo é alcançar mais de 20 milhões de meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

 

Todos devem ir aos postos de saúde para se imunizar pela primeira vez ou tomar a segunda dose da vacina e completar a proteção contra esse vírus, que causa câncer.

 

HPV

 

O HPV é uma doença sexualmente transmissível e infecta mucosas da boca ou das áreas genital e anal. Ele provoca verrugas e diferentes tipos de tumores em homens e mulheres, como o de colo do útero, ânus, pênis, vagina, orofaringe.

 

Cerca de 30% dos tumores provocados por vírus no mundo são causados pelo HPV, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde.

 

A campanha deste ano tem como tema “Não perca a nova temporada de vacinação contra o HPV” e será veiculada até o dia 28 de setembro. As escolas, por exemplo, receberão material informativo para que professores, alunos e familiares possam debater os estragos desse vírus e os benefícios da imunização.

 

Que tal ficar 30 dias sem acessar as redes sociais?

05
09

Já pensou ficar 30 dias sem acessar as suas redes sociais? Você toparia este desafio? Pois é, a iniciativa é da Royal Society for Public Health, uma instituição britânica sem fins lucrativos, para o mês de setembro.

 

A campanha desafia as pessoas a ficarem um mês longe do Facebook, Instagram ou Twitter. O site oficial informa que campanha "oferece uma oportunidade única de tirar um descanso dos perfis nas redes sociais", citando estudos sobre o impacto que o uso excessivo das redes pode causar na saúde mental, incluindo o aumento da ansiedade e depressão, cyberbullying, insônia e problemas de autoestima.

 

O que será que você perderia ou até mesmo ganharia sem deixar de entrar nas redes sociais? Essa é a pergunta-chave da campanha. A ideia é que todos reflitam durante os 30 dias sobre a importância do contato social e, claro, pensando na saúde mental.

 

Sabendo da dificuldade que é se desligar num mundo hiperconectado, a campanha oferece diferentes caminhos para lidar melhor com as redes sociais, seja se desligando completamente por um mês, ou de forma mais gradual, como não postar nada ao sair de casa para festas ou eventos, ou então, não usar as redes após às 18h.

A iniciativa visa destacar as preocupações crescentes sobre como as redes sociais estão contribuindo para aumentar problemas de saúde mental em pessoas jovens. Lembre-se, tudo que é demais pode prejudicar a sua saúde.

 

Você toparia o desafio?

 

Campanha de Vacinação Contra Polio e Sarampo é prorrogada

04
09

O Ministério da Saúde prorrogou até o dia 14 de setembro a Campanha Nacional de Vacinação para os estados e municípios que ainda estejam abaixo da meta de 95% de imunização entre crianças menores de cinco anos.

 

A oferta das vacinas contra poliomielite e sarampo acontece na rede pública de saúde. Até o início desta semana, mais de 1,3 milhão de crianças não recebeu o reforço, enquanto 88% do público-alvo foi imunizado.

 

Os Estados do Amapá, Santa Catarina, Pernambuco, Rondônia, Espírito Santo, Sergipe e Maranhão atingiram a meta, mas doze unidades federativas ainda estão abaixo da média nacional.

 

Em todo o país, foram aplicadas mais de 19,7 milhões de doses, cerca de 9,8 milhões de unidades para cada vacina. A campanha deste ano é indiscriminada, então todas as crianças da faixa etária devem se vacinar, independentemente de sua situação vacinal.

 
Proxima
 

© 2018 BML PATOLOGIA - Todos os direitos reservados | (47) 3326-2230 | contato@bmlpatologia.com.br